• Menu
  • Menu
Igreja Matriz de Gramado

O que fazer em Gramado em 3 dias?

Com quase infinitas opções de atividades, uma beleza natural estonteante e a gastronomia capaz de deixar qualquer um com água na boca, Gramado é um dos destinos mais apaixonantes do Brasil. Para você que está pretendendo conhecer a cidade, preparamos este roteiro especial de 3 dias para você conferir as principais atividades da cidade.

Em nosso guia, buscamos criar um roteiro que abrange as principais atrações da Serra Gaúcha. De atrações naturais à momentos congelantes, aqui você vai encontrar atividades que vão agradar a toda a família. Porém, com a infinidade de atrações da Serra Gaúcha, sinta-se livre para alterar o roteiro, adaptando-o conforme os pontos turísticos que você deseja conferir.

O que fazer em Gramado em 3 dias?

Dia 01 – Conhecendo Gramado

Entre fazer transporte e check-in, o primeiro dia em Gramado pode acabar sendo bastante corrido, por isso, selecionamos algumas das principais atrações da cidade que ficam próximas ao centro e dão um gostinho especial de tudo que a Serra Gaúcha é capaz de proporcionar.

Começamos pelo Lago Negro, a atração número 1 do destino segundo o Tripadvisor. O lago de águas escuras foi criado para conter um grande incêndio que aconteceu na região, recebendo posteriormente, árvores importadas da Floresta Negra, na Alemanha. Foi daí que surgiu o nome do local. A visita ao cenário encantador é parada obrigatória em sua estadia por Gramado. Além de andar nos famosos pedalinhos em formato de cisnes, ou caravelas para as famílias, também é possível caminhar pela trilha que percorre as águas, assim como alugar uma cesta de piquenique e saborear os lanches apreciando a paisagem.

O que fazer em Gramado: Lago Negro
O que fazer em Gramado: Lago Negro

Seguindo o passeio, é a vez de visitar a charmosa Rua Torta, com sua descida repletas de curvas e flores. O cenário é presença garantida no álbum de fotos dos turistas que visitam a cidade, porém, o que muitos não sabem é que, logo em frente, fica a Praça das Etnias. Neste local é possível conhecer um pouco mais da história dos primeiros moradores de Gramado, comprar produtos artesanais na Casa do Colono e saborear pães e cucas quentinhos, saindo direto dos fornos a lenha, comandados pelos colonos da Região das Hortênsias.

Não muito longe dali você encontra a Avenida Borges de Medeiros. A principal via de Gramado é também a que reúne alguns dos melhores restaurantes e estabelecimentos da serra. É na Borges que fica nada menos que quatro pontos turísticos.

Av. Borges de Medeiros

Começando pela Igreja Matriz São Pedro, a estrutura de pedra fica literalmente no coração da cidade, já que suas portas estão apenas a 10 metros de distância do marco 0 de Gramado. Ao lado da construção fica a romântica Fonte do Amor Eterno, onde os casais apaixonados registram suas promessas de amor através de cadeados coloridos. A poucos metros dali você encontra o Palácio dos Festivais, palco do glamoroso Festival de Cinema de Gramado, o maior evento da sétima arte em edições ininterruptas da América Latina. Agora, basta atravessar a rua para aproveitar os sabores dos inúmeros restaurantes da Rua Coberta. Saborear um chocolate quente por lá nos dias de inverno é um programa imperdível.

O que fazer em Gramado: Igreja Matriz

Dia 02 – Belezas Naturais de Canela

Vamos aproveitar o segundo dia para conhecer os encantos de Canela. Apenas 7 Km de Gramado, a cidade vizinha acaba sendo uma extensão do destino. Por lá, as atrações ficam por conta das belezas naturais da Serra Gaúcha. Começando pelo principal cartão postal da Região, a Cascata do Caracol. A queda d’água com 131 metros de altura atrai milhares de visitantes todos os anos.

Canela: Cascata do Caracol

Aqui, você tem duas formas de aproveitar o passeio. O primeiro é pelo Parque Estadual do Caracol, onde você tem uma visão panorâmica da Cascata. O parque também conta com trilhas naturais, feiras de artesanato, mirantes e um passeio de trem para os pequenos curtir. A segunda alternativa é o Parques da Serra, com seus famosos bondinhos. As cabines coloridas também oferecem uma visão incrível da Cascata, além de ser um passeio diferenciado para curtir na Serra Gaúcha.

Cascata do Caracol

O roteiro agora vai depender do que você deseja curtir. Se você estiver com crianças ou busca por aventuras mágicas, a dica é visitar a Terra Mágica Florybal! O parque fica no mesmo caminho que leva a Cascata do Caracol, e é bem fácil ver a entrada com dinossauros e o gigante de pedra. A Terra Mágica Florybal conta com dezenas de atrações em ambientes temáticos em meio a natureza. De castelos medievais a vôos de pterodátilos, o local é um prato cheio para quem viaja com crianças.

Já se você procura por mais emoção, a pedida é conhecer o Alpen Park!  Com montanha russa, cinema 7D, arvorismo e passeio de quadriciclo, o local é perfeito para quem busca diversão. A principal atração são os trenós e seu percurso em meio a natureza. Até duas pessoas podem ir por carro, que chegam a atingir velocidades acima de 40 Km/h.

Aproveitando o entardecer, é hora de conhecer outra atração incrível de Canela, a Catedral de Pedra! Nossa escolha por deixar essa atração para o final do dia tem um motivo bastante especial, pois, dessa forma, você pode apreciar os encantos da Catedral durante o dia e também admirar o show de luzes, que acontece diariamente, ao cair da noite.  Ao redor do local você encontra diversas opções gastronômicas, como pizza, sushi, confeitaria e chocolateria.

Dia 03 – Atrações temáticas

O último dia é dedicado a conhecer as atrações temáticas de Gramado, e nada melhor que começar pelo Snowland, o primeiro parque de neve indoor das Américas! Em 16 mil m², a atração oferece dezenas de atividades congelantes para toda a família aproveitar, com temperaturas que chegam a -5°c.

O que fazer em Gramado: Snowland

A atração é dividida em dois ambientes distintos. O primeiro é o Vilarejo Alpino, um cenário com dois andares que recria uma charmosa vila aos pés da montanha. Nesta parte do passeio você encontra lojas que vendem desde casacos até doces, além da pista de patinação. Para se divertir patinando não é preciso ter experiência, o instrutor explica passo a passo as principais dicas e acompanha os atletas de primeira viagem em sua aventura na pista. A nossa sugestão é perder o medo e se divertir!

Já no segundo andar fica a praça de alimentação e os brinquedos infantis, além disso, é lá que fica o Pub da Montanha, com uma visão panorâmica da parte mais gelada do parque. Falando nela, esta é a segunda parte do passeio!

A Montanha de Neve é onde você vai encontrar a principal atração do local: a neve! Com temperatura de -5°, o parque oferece roupas térmicas para você aproveitar o local. Para quem tem problemas com o frio, recomendamos levar um casaquinho a mais. É dentro da Montanha que está a pista de esqui e snowboard, o espetáculo Flokus e a Caverna do Yeti. Não deixe de pegar um chocolate quente para se aquecer em meio ao cenário nevado.

Para fechar o dia, nada como uma pizza em meio a selva. A Kongo é uma pizzaria temática que reproduz o cenário de uma selva africana, com direito a ciclos de dia e noite, e até mesmo temporais! No rodízio, além de sabores tradicionais você encontra pizzas especiais, como pato com geleia de laranja, ou a própria Kongo, que conta com mussarela, bacon e banana. Além dos sabores e da decoração, o local ainda conta com shows todos os dias. Temos um post completo sobre a pizzaria aqui mesmo no blog, que você pode acessar para conhecer mais!

O que fazer em Gramado: Pizzaria Kongo
O que fazer em Gramado: Pizzaria Kongo

Preparado para conhecer Gramado? Apesar de nosso roteiro abranger os principais pontos da Serra Gaúcha, três dias são poucos para conferir todos os encantos da Região das Hortênsias.  A cidade certamente vai te conquistar e deixar aquele gostinho de quero mais e, antes que você perceba, já estará planejando a próxima viagem ao destino!

Está em dúvida sobre quando visitar Gramado? Nosso post pode ajudar você com isso, e se o problema é quanto ao que trazer na mala, também temos um guia completo para você!

Booking.com
Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *