• Menu
  • Menu

Sem turistas, canais de Veneza ficam cristalinos e até golfinhos aparecem

O isolamento imposto pelo governo italiano em função do novo Coronavírus tem trazido alguns benefícios ao meio ambiente no norte do país. Além de ter diminuído drasticamente a poluição naquela região, foi possível notar também o clareamento nas águas dos canais de Veneza, uma das cidades mais visitadas do mundo.

Os moradores locais estão surpresos, uma vez que há muito tempo não presenciavam a água dos canais com essa coloração. A água está tão cristalina que é possível ver cardumes de pequenos peixes e até mesmo golfinhos em alguns canais.

Canais de Veneza cristalinos

Canais de Veneza cristalinos

Em um grupo de Facebook chamado Venezia Pulita (Veneza Limpa), diversas imagens foram postadas mostrando a situação das águas. Isso se deve à paralisação dos barcos e gôndolas, que se deslocam em um ritmo frenético pelas centenas de canais de Veneza.

Canais de Veneza cristalinos (Foto: Marco Capovilla)
Canais de Veneza cristalinos (Foto: Marco Capovilla)
Canais de Veneza cristalinos (Foto: Marco Capovilla)
Cardume de peixes em Veneza (Foto: Marco Capovilla)

Na semana passada, fotos de satélite do programa Copernicus, da Agência Espacial Europeia (ESA), haviam revelado uma enorme diminuição na concentração de dióxido de nitrogênio (NO2), um dos principais marcadores de poluição, no norte da Itália.

Itália e Coronavírus

Vale lembrar que a Itália é um dos países mais afetados pelo novo Coronavírus (COVID-19). A região mais afetada até o momento é a Lombardia, principal polo financeiro e industrial da Itália, seguida por Emilia-Romagna, ambas no norte do país.

Como forma de impedir a propagação do novo Coronavírus, o governo emitiu um decreto que aplica multa para cidadãos que violarem a quarentena. Ainda de acordo com o decreto, só é possível ir às ruas para trabalhar, fazer compras, passear com cães ou praticar esportes, mas de forma individual.

Os principais pontos turísticos italianos seguem fechados, assim como restaurantes e lojas. Até mesmo as tradicionais missas do Papa Francisco, feitas no Vaticano, tem sido transmitida apenas pela internet.

Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *