• Menu
  • Menu

O que você precisa saber sobre Paris

A cidade das luzes e dos apaixonados. Paris é um dos destinos internacionais mais desejados pelos brasileiros. Para você, que já está preparando as malas, montamos este guia com tudo que você precisa saber para uma viagem a Paris. Vamos lá?

É impossível pensar em Paris sem se deixar levar pelo charme europeu e o ar romântico que permeia a capital francesa. Não é a toa que a cidade é um dos destinos mais visitados do mundo.

Vista aérea de Paris
Vista aérea de Paris

São inúmeros os encantos que se escondem entre as ruas e vielas históricas. A todo o momento você vai encontrar um novo motivo para se apaixonar pela cidade, seja no alto da Torre Eiffel, ou entre os inúmeros corredores do Museu do Louvre.

Porém, mesmo os viajantes mais experientes podem acabar esbarrando em algum problema ao visitar Paris. Por isso, preparamos este material com tudo que você precisa saber para uma viagem ao destino, evitando dores de cabeça desnecessárias e focando no que realmente importa: aproveitar ao máximo a viagem! 

Como chegar em Paris?

O Aeroporto Internacional Charles de Gaulle é a principal porta de entrada para quem deseja conhecer Paris especificamente. Existe a opção de vôos diretos entre São Paulo e Paris, oferecidos pela Air France.

Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris
Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris

Se você já estiver em um tour pela Europa, também é possível chegar a capital francesa de trem. Toda a linha férrea funciona muito bem por lá, sendo uma alternativa prática e rápida de se locomover pelo continente europeu.

Visto

Uma coisa a menos para se preocupar. Brasileiros podem ficar até 90 dias no país sem visto. Mesmo assim, é preciso apresentar alguns documentos a imigração francesa, são eles:

– Passaporte válido por no mínimo seis meses após seu retorno;

– Passagem aérea de ida e volta;

– Seguro de saúde com valor mínimo de 30 mil euros, válido para todo o território Schengen;

– Comprovante de hospedagem ou atestado de acolhimento (é possível solicitar o mesmo junto a prefeitura da sua cidade);

– Documento que comprove vínculo empregatício ou atividade profissional no Brasil;

– Comprovante de renda que prove os meios de se sustentar no país durante o período da estadia.

Onde se hospedar em Paris?

As ruas de Paris estão distribuídas em um formato circular, sendo o centro o círculo 1 e, conforme vai se afastando, este número aumenta. Enquanto a região central é reconhecida pela presença dos principais pontos turísticos da capital, as áreas mais afastadas são recomendadas para aqueles que procuram pelo espírito boêmio da cidade. 

Na dúvida, a dica de ouro é procurar por hotéis ou albergues próximo ao Rio Sena, garantindo que você vai estar perto dos principais pontos turísticos do destino.

Como se locomover?

O metrô será o seu melhor amigo na hora de andar por Paris. Fácil de usar e mais em conta que os demais meios de transporte, você não vai encontrar problemas ao explorar as belas estações francesas em estilo Art Nouveau.

Apenas lembre-se de manter o ticket sempre com você. É comum encontrar fiscais e caso você esteja sem o seu bilhete, será expulso do metrô e ainda terá que arcar com uma multa.

Metrô de Paris - Mapa
Mapa do Metrô de Paris

A rotina em Paris invade a noite, porém o mesmo não pode ser dito do metrô. As estações fecham mais cedo do que você espera e, a partir desse momento , você ficará dependente dos táxis, que podem acabar saindo bem caro.

Andar a pé também é uma alternativa válida. A cidade é segura, mas sempre é necessário ter cuidado, principalmente sendo um estrangeiro. Fique de olhos em seus pertences e você não terá problemas com isso.

Quando ir?

Aqui não tem mistério. A cidade é movimentada o ano inteiro, mas é inegável que no outono e inverno, entre setembro e fevereiro, a capital francesa ganhe aquele ar romântico tão famoso dos filmes. Apenas evite conhecer o destino em agosto, este é o período onde os locais costumam tirar férias,e boa parte dos estabelecimentos fecha.

Rio Sena

O que fazer em Paris?

A melhor questão de todas! Paris é recheada de atrações para você aproveitar. São tantas alternativas que é quase impossível ver todas elas em uma única visita. Entretanto, algumas delas precisam estar em seu roteiro!

A começar pela Torre Eiffel. A gigantesca estrutura de metal é um dos maiores ícones turísticos do mundo, e não é a toa. Imponente durante o dia e simplesmente espetacular com a iluminação noturna, o local é o mais visitado do destino. Existe a opção de subir nela e apreciar a vista aérea da região. Caso você decida viver essa experiência, esteja preparado para encarar longas filas.

Torre Eiffel - Paris
Torre Eiffel

Outro protagonista de Paris é o Rio Sena. A cidade literalmente só existe por causa dele. Um tribo celta encontrou uma ilha em meio as águas e estabeleceu uma vila ali. Depois de inúmeros conflitos e conquistas, a cidade se expandiu, vindo a ser belíssima Paris.

Rio Sena em Paris
Rio Sena

Você pode fazer uma relaxante caminhada pelas margens, passear de barco, ou cruzar algumas das famosas pontes, como a Pont des Arts, onde casais apaixonados penduravam cadeados com juras de amor. A prática é proibida atualmente devido ao peso dos inúmeros cadeados estarem ameaçando a estrutura da ponte. Mesmo assim, o visual e história do lugar fazem valer a visita.

Paris também não seria a mesma sem os seus museus, principalmente o Louvre com suas incontáveis obras de artes. Coloque um tênis confortável e prepare-se para caminhar muito entre o acervo gigantesco do local. Além da Monalisa, por lá você vai encontrar pinturas, esculturas e itens históricos do mundo inteiro.

Museu do Louvre
Museu do Louvre

Mesmo que reserve um dia inteiro para conhecer o local, é praticamente impossível ver tudo em uma única visita. Aqui fica uma dica, todo o primeiro domingo de cada mês a entrada é grátis. Estudantes e menores que 26 anos também não pagam.

Se tiver um tempinho sobrando no roteiro, não deixe de adicionar Versailles no passeio. O palácio gigantesco foi completamente desenhado de acordo com os caprichos do rei Louis XIV. A entrada no palácio é paga e recomendamos fortemente fazer a visita guiada para entender a história por trás das luxuosas paredes do local. Também vale reservar um tempinho para se perder entre as cores e encantos do jardim do local, em um passeio totalmente gratuito. 

Agora que você conhece um pouco mais sobre as belezas e encantos de Paris, é a hora de arrumar as malas e se preparar para uma das viagens mais incríveis da sua vida.

Até a próxima!

Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *