• Menu
  • Menu

Conheça mais sobre as 4 principais chapadas brasileiras!

Você sabia que o ecoturismo é o ramo do setor que mais cresce no Brasil? Não é a toa, os encantos naturais que o território brasileiro proporciona não são poucos, garantindo uma enorme diversidade de atrações e cenários para se curtir a natureza.

Por isso, resolvemos falar um pouco mais sobre as 4 chapadas brasileiras que oferecem uma experiência inesquecível para os amantes de aventura! Confira:

Chapada Diamantina

O primeiro nome que vem a mente quando pensamos nas chapadas é a Chapada Diamantina, na Bahia. E não é a toa, o local conta com um cenário exuberante, que esconde belas cachoeiras, poços de água cristalinas, trilhas que levam a paisagens grandiosas, cidades histórias e uma rica gastronomia.

Desbrave um dos inúmeros caminhos que levam a magníficos poços de água escondidos entre as paredes rochosas. São pequenos lagos de águas límpidas nas mais varias cores, desde tons avermelhados até  águas tão transparentes que permitem observar em detalhes os encantos do mundo subaquático. Entre elas, vale mencionar a Cachoeira do Sossego uma das mais belas quedas d’água da região, assim como a mais procurada pelos visitantes.

Quem deseja apenas curtir o local sem precisar desbravar uma trilha muito longa, a Cachoeira da Fumaça, com seu arco-íris que aparece em todos ensolarados, é a opção ideal. Termine o dia com o estonteante pôr-do-sol no alto do Pai Inácio, uma formação rochosa que atrai centenas de visitantes. É ao entardecer que a luz em tons amarelados dá novos contornos ao local, realçando o coração de pedra, formado pela ação das chuvas e ventos que, segundo as lendas, simboliza a paixão a primeira vista que as paisagens da Chapada Diamantina causam naqueles que conhecem o local.

Chapada Diamantina - Chapadas Brasileiras

Chapada Diamantina

Chapada dos Veadeiros

Com mais de 2.000 cachoeiras catalogadas na região, opção de atividades é o que não vai faltar na Chapada dos Veadeiros. A paisagem é formada pelo cerrado brasileiro, completada por quedas d’água que são simplesmente de tirar o fôlego. O local fica no mesmo paralelo de Machu Pichu, sobre uma placa de quartzo, tornando a região um dos principais destinos místicos do país. Mesmo assim, o local ainda não é tão conhecido, sendo o destino perfeito para curtir a natureza com calma e tranquilidade.

Comece seu passeio com a Catarata dos Couros, uma das mais impressionantes da região, que oferece poços profundos para aventureiros experientes e outros mais rasos, para quem só deseja curtir a paisagem e as águas. Quem procura por um cenário diferenciado, certamente vai adorar o Vale da Lua, região formada por crateras que lembram o solo lunar. Elas são cortadas por um rio, responsável por formar diversos lagos e quedas d’água.

Se sobrar um tempinho, não deixe de conferir a Cachoeira do Segredo, uma cascata com 100 metros de altura, escondida em meio a mata. Também aproveite para atualizar o álbum de fotos no mirante da janela, uma formação rochosa, que enquadra perfeitamente a belíssima Cachoeira do Abismo.

Chapada dos Guimarães

Localizada no Mato Grosso, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães ocupa um área total de 33 mil hectares na cidade de mesmo nome. A região oferece cachoeiras, cavernas, lagos e uma infinidade de trilhas e mirantes esperando pelos aventureiros.

A cachoeira Véu de Noiva é parada obrigatória na visita, são 86 metros de queda d´água, resultando em uma cortina natural gigante, que lembra o objeto que dá nome ao local. Fica uma observação aqui, o poço da mesma é interditado para banho por motivos de segurança. Agora, se você deseja conferir algumas das melhores quedas d´água em um único passeio, vale fazer o circuito das cachoeiras. Com 6Km de extensão, a trilha passa por 6 cachoeiras e 2 piscinas naturais, perfeitas para banho.

Outro local que merece a visita é a Cidade de Pedra, uma formação rochosa natural, de tonalidade vermelha, esculpida pela ação dos ventos e das chuvas, lembrando uma cidade medieval. Também não deixe de conferir as cavernas da Chapada Guimarães, principalmente a Caverna Aroe Jari. O local é a maior gruta de arenito do país, com inúmeras inscrições rupestres nas paredes, registros milenares que você pode conferir ao vivo!

Chapada dos Guimarães

Chapada das Mesas

A Chapada das Mesas é uma área de 160 mil hectares, que abrange parte do estado do Maranhão e um pedaço do Tocantins. A região é composta por formações rochosas com mais de 60 milhões de anos, cujo formato lembra mesas e, dessa forma, deram origem a nomenclatura do local. Formada por 3 biomas diferentes (cerrado, caatinga e amazônia), o local é considerado o maior pólo de ecoturismo do Brasil, não sendo difícil entender o porque.

Há uma infinidade de atrações que levam o visitante a entrar em contato direto com a natureza e vivenciar tudo que ela tem a oferecer. Começando pelo complexo da Pedra Caída, que oferece um circuito de cachoeiras ligadas por escadas e passarelas, planejadas para proporcionar o máximo de segurança aos visitantes. O complexo ainda conta com área de piscinas e toboáguas, para curtir após o passeio. Outra atração única é a Cachoeira do Santuário. A deslumbrante queda d’água se esconde no final de uma trilha que passa por entre um desfiladeiro, onde a água fica na altura dos joelhos.

E nem pense em ir embora sem conferir o Poço Azul. O Balneário Cachoeira do Coral, nome oficial do local, abriga um circuito de 5 cachoeiras, que terminam no famoso Poço Azul, um lago de águas cristalinas em tons turquesa, que são um convite irrecusável para mergulhar de cabeça nessa aventura.

Chapada das Mesas – Foto: Mauricio Oliveira

Pegue o protetor solar, um tênis confortável e prepare-se para viver experiências incríveis nesses lugares. Conte para a gente, nos comentários, qual deles você deseja visitar primeiro?

Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *