• Menu
  • Menu

5 dicas e cuidados com sua bagagem

Depois de comprar as passagens, reservar o hotel e fazer o roteiro, sua próxima preocupação, provavelmente, vai ser com a bagagem. Uma mala pequena é suficiente? Quantos kgs posso levar pra determinado país? É seguro fecha-la apenas com o cadeado? Muitas dúvidas começam a permear sua cabeça, mas não se desespere. Listamos abaixo 5 dicas e cuidados que você deve ter com suas preciosas malas.

#1 Mala com 4 rodinhas e, de preferência, de casco duro

Já que você vai ter que carregar sua bagagem daqui pra lá e de lá pra cá, é imprescindível que seja uma mala que seja de fácil transporte. Por anos, utilizei aquelas malas com apenas duas rodinhas e hoje, que possuo uma com 4, sei exatamente a diferença que faz. É uma daquelas coisas que parecem besteira, mas depois de começar a usar, você não sabe como ficou tanto tempo sem, sabe?

Ao contrário das malas convencionais, que só podem ser carregadas em um mesmo sentido, os modelos que possuem 4 rodas multidirecionais podem ser puxados e/ou empurrados, na posição vertical ou inclinada. Isso, em viagens com muitos e longos deslocamentos faz toda a diferença.

Outro detalhe importante é o acabamento da mala. Muitas vezes você vai viajar e leva (ou trás) alguma coisa um pouco mais frágil na bagagem despachada. Pode ser um souvenir, um equipamento eletrônico, um vinho ou até mesmo barras de chocolate (quem resiste a isso em uma viagem à Suíça, por exemplo?).

As malas produzidas com material resistente são chamadas de “casco duro” e oferecem muito mais proteção do que as tradicionais malas de tecido. Nós particularmente preferimos as de policarbonato, pois além de protegerem bem o conteúdo da mala, são extremamente leves, interferindo pouco no peso final da bagagem.

Nós utilizamos as malas da foto acima e estamos extremamente satisfeitos. São da coleção Etherius, da Victorinox. Caso tenha interesse, acesse o site: www.victorinox.com.br

#2 Lacre SealBag

Não tem nada que chateia mais em uma viagem do que ter seus pertences roubados da mala, certo? Nossa bagagem passa por tanta gente no processo de despacho ou fica tão exposta durante a viagem que a melhor forma de não passar por esse tipo de apuro é se proteger.

Nós sempre carregamos câmeras, notebook, drone, entre outros equipamentos caros, e consideramos os lacres indispensáveis. Eles são extremamente fáceis de usar e protegem, inclusive, do famoso método da cesária, no qual o zíper de uma bagagem com cadeado é aberto utilizando uma simples caneta. Veja abaixo como o procedimento é feito.

Os lacres visualmente são super simples, mas possuem um sistema muito interessante. O produto consiste em um pequeno corpo plástico, junto a um fio de nylon de 50 cm. Dentro da peça plástica, há um mecanismo metálico e blindado. Além disso, todos eles possuem numeração única.

Sabemos que a localização e coleta da bagagem nas esteiras do aeroporto é sempre bem caótica. E durante esse processo, raramente abrimos as malas e checamos se tudo está em seu devido lugar. Então, com o uso dos lacres é possível reconhecer rapidamente se houve tentativa e/ou abertura da bagagem por terceiros. É só notar se há alguma avaria ou dano no pequeno dispositivo. A utilização deles também acabam inibindo esse tipo de ato ilícito, uma vez que as malas sem proteção acabam sendo as mais visadas.

Mais informações e valores no site: www.sealbag.com.br

Veja como colocar o lacre na mala:

#3 Bagagem Carry-on ou Bagagem de Bordo

Com o impasse sobre a cobrança ou não da mala despachada pelas companhias aéreas, uma saída é viajar com o mínimo de bagagem possível. Atualmente, é permitido viajar com uma mala de mão, inclusive de rodinhas, desde que as dimensões não excedam 115 cm (altura + largura + profundidade).

Para uma viagem razoavelmente curta, uma bagagem desse tamanho já é mais do que suficiente. Se possível, optem por um modelo com duas divisórias. É mais uma daquelas coisas que parece besteira, mas fazem muita diferença. Para conseguir levar tudo o que você precisa em uma mala de bordo, é imprescindível que tudo fique extremamente organizado as divisórias ajudam demais nessa tarefa.



#4 Cadeado aprovado pela TSA

Os lacres da SealBag já conferem uma excelente segurança pra sua bagagem. Mas se ainda assim você preferir colocar um cadeado, certifique-se de que ele é aprovado pela TSA (Transport Security Administration).

O que acontece é o seguinte: se os inspetores do aeroporto desconfiarem de algum item dentro da sua mala, eles podem abri-la para checar do que se trata. E se você tiver um cadeado qualquer, sua mala será arrombada sem dó, nem piedade.

E por que ter um cadeado TSA? É que eles podem ser abertos com uma chave-mestra pelo pessoal da alfândega, evitando assim que sua mala seja danificada. Se tiver tudo certo, eles fecham e deixam uma cartinha, avisando que sua bagagem foi revistada.

Pra saber se o cadeado é aprovado, basta notar se ele possui o símbolo abaixo:

#5 Balança portátil

Uma das piores situações que você pode passar é chegar no aeroporto para fazer check-in e suas bagagens ultrapassarem o peso permitido. Aí você tem duas opções: pagar o excedente (que geralmente é uma fortuna) ou se desfazer dos seus queridos pertences (e pode ter certeza que é um parto, afinal, se você colocou na mala é sinal que considera o item importante).

Conheço pessoas que, pra não correr esse risco, vão até a farmácia mais próxima e pesam a mala. Acredite, não é a solução mais inteligente! Ainda mais considerando que há modelos que custam cerca de R$ 20,00. Pra achar, basta procurar “balança de mão” ou “balança de mala” em loja virtuais como Americanas e Submarino ou em sites como Mercado Livre.

Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *