• Menu
  • Menu

Monarch: o roteiro de 8 dias no Caribe Lendário

Já imaginou conhecer 5 países caribenhos e ainda estar a bordo de um enorme e confortável navio, sem ter que se preocupar com hospedagem, organização de passeios, escolha de restaurante, etc? Pois é, o roteiro Caribe Lendário, feito pelo Monarch, te proporciona tudo isso!

Antigamente conhecido como Monarch of the Seas, o navio fazia parte da frota da Royal Caribbean. Ao ser integrado na frota da Pullmantur, passou a chamar apenas Monarch e recebeu um investimento multi-milionário para reformas estruturais e expansão das áreas públicas.

Na época do lançamento, em 1991, o Monarch era um dos maiores navios de cruzeiro do mundo – e continua sendo até hoje, inclusive. Além disso, ficou mundialmente famoso por ter sido o primeiro a ter uma capitã mulher no comando: a sueca Karin Stahre Janson.

Confira nosso episódio no Monarch:

Com capacidade para 2,733 pessoas, o navio conta com duas piscinas, academia, spa, parede de escalada, cassino, bares, dois restaurantes principais, além de diversas lojas. Para os brasileiros, uma boa notícia: as compras podem ser fechadas em reais e também serem parceladas. Isso evita a incidência de IOF e as variações da cotação do dólar.

Confira abaixo um pouco da nossa experiência pela Colômbia, Panamá, Costa Rica, Jamaica e Grand Cayman, os países que integram esse belo roteiro idealizado e operado pela Pullmantur.

Colômbia

É possível embarcar e desembarcar em qualquer um dos cinco países do roteiro, porém a maioria dos passageiros chegam ao navio por Cartagena das Índias, na Colômbia. É também a melhor opção para brasileiros, visto que é o país mais próximo e, consequentemente, com passagens mais baratas.

E já que o embarque pode ser feito de lá, compre sua passagem contemplando alguns dias livres pra curtir a cidade, que é um dos pontos mais altos da viagem. Um rápido passeio pela chamada Cidade Amuralhada te transporta em segundos para as mais belas cidades européias. Há excelentes opções de restaurantes por lá. Perca-se pelas ruas e explore cada cantinho desse rico destino sul-americano.



Jamaica

A Jamaica foi uma das gratas surpresas da rota. As belas praias, com águas cristalinas, te dão uma amostra do verdadeiro mar caribenho. Desembarcamos em Montego Bay e fomos direto pro Dolphin Cove nadar com os golfinhos.

De lá, partimos pra incrível Negril Beach, que guarda uma das atrações mais sensacionais da Jamaica: o Rick’s Cafe. O restaurante, a beira de um penhasco, proporciona uma vista incrível da costa. Para os mais aventureiros, há uma plataforma com mais de 20 metros, de onde é possível saltar e dar um mergulho na convidativa água turquesa.







Grand Cayman

As Ilhas Cayman, além de ser um paraíso fiscal, é também um paraíso natural. Fãs de compras poderão se deliciar nas inúmeras lojas de grife que estão estrategicamente localizadas logo na saída do porto. É pisar em Grand Cayman e já dar de cara com marcas conhecidíssimas (e caras também).

Para quem prefere a natureza, também tem bastante coisa pra fazer por lá. Ainda ali nas redondezas do porto, há várias opções de mergulho, tanto com cilindro quanto com snorkel. Não deixe de visitar a 7 Mile Beach, uma das mais famosas da região. Um mar quase sem ondas, praticamente uma piscina, te aguarda por lá.

Panamá

Não tem como visitar o país e não conhecer o Canal do Panamá. Fomos no canal de Miraflores para conferir a passagem dos navios de um oceano para o outro, mas infelizmente demos azar. Chegamos no final da manhã e a última embarcação já estava finalizando o trajeto. O próximo barco só faria a travessia em algumas horas.

Então, partimos para conhecer as instalações, que conta com restaurante, café e um museu, bem completo sobre o canal. São diversos andares contando a história do lugar, tudo muito interativo e organizado.

Costa Rica

O pequeno país na América Central nos surpreendeu positivamente. A vibe do país é a primeira coisa que chama a atenção. Você verá a expressão “Pura Vida” por todos os cantos! Ela enaltece a simplicidade da boa vida, o apego à humildade, associada com satisfação, alegria e bem-estar. É a arte de apreciar o simples e o natural com felicidade e otimismo.

Desembarcamos em Puerto Limón e partimos para o Refúgio Nacional Gandoca-Manzanillo. Ali, você poderá fazer uma trilha por uma floresta a beira-mar. No final da opção mais curta, há um pequeno mirante com uma vista espetacular da natureza abundante e intocada do local.

Antes de partir, ainda passamos pelo Puerto Viejo de Talamanca. Com atmosfera de vila de pescadores, é ali que se hospedam mochileiros que preferem ter uma experiência mais roots. Há inúmeros restaurantes, bares, pousadas e hostels. Em função das boas ondas que a região apresenta, os sufistas também são bastante vistos por ali.


Se você gostou desse roteiro, vale a pena conferir o site oficial com as datas de saída, valores e mais detalhes sobre o cruzeiro: https://www.pullmantur.com.br/pt/cruzeiros/caribe.html

Andy Spinelli

Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 28 países. Além do Destinos Imperdíveis, tem uma agência digital, a 2be!creative, e uma produtora de conteúdo de viagem, o 3em3.

Ver outros posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *